LUMINOSO

PLAY

Tocador

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Minha jornada rumo à masculinidade: um ex-transexual conta a sua história


Abusos e confusões na infância fizeram Walt Heyer pensar que era uma mulher presa no corpo de um homem. Sua vida cheia de vícios e uma escolha precipitada mostraram que ele estava errado.
Em meados de 1940, Walt Heyer era só um garotinho que crescia na Califórnia, interessado em cowboys, carros e guitarras, até que, um dia, sua avó começou a fantasiar que ele queria ser uma menina. Ela ingenuamente confeccionou para seu neto um vestido roxo de seda, o qual ele passaria a usar quando a visitasse.
Mal sabia Walt que aquele vestido seria o gatilho a desencadear 35 longos anos de "tormentos, desilusões, remorsos e mágoas". A confusão com a sua identidade sexual o levaria ao alcoolismo, às drogas e até a uma tentativa de suicídio.
No auge de seus conflitos interiores, Walt recorreria a uma "cirurgia de redefinição de sexo" (uma vaginoplastia) para se parecer com uma mulher – operação da qual ele acabou se arrependendo profundamente. "Deus me fez homem, do jeito que eu era, e nenhum bisturi jamais poderia mudar isso", declarou Walt, em uma entrevista ao LifeSiteNews.com.
Hoje, resgatado por sua fé em Jesus e plenamente conformado com a sua masculinidade, Walt vive para divulgar a sua história e conscientizar as pessoas atormentadas com conflitos sexuais, para que não cometam o mesmo erro que ele cometeu.

A vergonha de ser homem

Em um livro de 2006, Trading my Sorrows, Walt relembra que o vestido roxo foi apenas a primeira de muitas influências em sua vida que o fizeram envergonhar-se de ser homem. Houve a molestação sexual que ele sofreu nas mãos de seu tio, a qual fê-lo sentir vergonha de seus órgãos genitais. Da parte de seu pai, uma disciplina rígida – praticamente indistinguível de abusos físicos – fez com que Walt se sentisse incapaz de corresponder às expectativas paternas.
Walt recorda que nunca se achava bom o suficiente para seus pais. "O que eu buscava desesperadamente era a aprovação de meus pais naquilo que eu fazia de melhor, era achar meu próprio nicho, onde eu pudesse me expressar, desenvolver meus talentos e fazer algo de que eu gostasse", ele explica, em seu livro.
O menino sem nenhuma auto-estima começou a desprezar a si mesmo e o seu corpo, passando a achar consolação em seu estranho hábito de vestir-se como menina – que ele tratou cuidadosamente de esconder dos pais. O cross-dressing tornou-se o seu lugar secreto, onde ele se sentia a salvo dos conflitos externos e das duras disciplinas aplicadas por seu pai e sua mãe.

Uma tirana dentro de si

Enquanto entrava na adolescência, Walt diz que a garota dentro de sua cabeça crescia mais poderosa e demandando mais de seu tempo. Ainda que ele gostasse de carros estilosos e saísse com belas garotas da escola, não importava o quanto ele lutasse, parecia-lhe impossível livrar-se daquela obsessão. Depois do ensino médio, Walt saiu da casa dos pais e começou a fantasiar-se na privacidade de sua própria casa. Até então, ele já tinha acumulado um número considerável de peças femininas, mas ainda se sentia profundamente envergonhado de seu hábito secreto.
Depois, Walt casou-se, ficou rico e passou a viver o "sonho americano" – pelo menos nas aparências, já que ele mantinha secretas as suas contínuas escapadelas ao mundo feminino.
Sua vida dividia-se em três diferentes personagens: a do homem de negócios bem-sucedido, mas alcoólatra; a do bom esposo e pai de família; e a do travesti transtornado. Dentro de si, porém, Walt experimentava angústia e desilusão. Tudo em sua vida começou a desmoronar.
Ele foi atrás do álcool como uma espécie de fuga, mas isso só aumentou ainda mais seu desejo de tornar-se uma mulher. Aquela tirana feminina dentro de si começou a tomar cada vez mais espaço e, para pôr fim ao seu tormento, o desesperado Walt tomaria uma decisão trágica e irreversível.

A cirurgia para mudar de sexo

Walt depositou todas as suas esperanças na cirurgia de mudança de sexo. Seria ela a solução a afastar permanentemente a sua dor.
Primeiro, vieram os seios, implantados por cirurgia plástica. Depois, o procedimento de que Walt mais se arrepende: a transformação cirúrgica de seu órgão reprodutor masculino na aparência de um órgão reprodutor feminino.
Walt esperava que o procedimento aliviasse o seu "debilitante estresse psicológico" e fizesse cessar, de uma vez por todas, o conflito que tirava o seu sono desde os tempos da infância. Mas, para o seu desalento, a mudança de sua genitália e de sua aparência externa não teve o mesmo efeito em seu interior.
Depois da operação, a mente de Walt converteu-se em um campo de batalha de pensamentos e desejos conflitantes, que foram se agravando e aumentando a sua crise depressiva. Todo dia após a cirurgia, ficava mais claro que ele tinha cometido um "grande erro". Seu vício no álcool e na cocaína, em uma tentativa patética de afastar a dor emocional, só fazia aumentar a sua miséria e solidão.
Agora, Walt sabia que o bisturi do cirurgião e a amputação de seus órgãos não tinham mudado a sua sexualidade. A cirurgia tinha sido uma "fraude completa". Ele sentiu que não tinha escolha, a não ser viver a vida como uma mulher artificial, uma "impostora".

A tentativa de suicídio

A essa altura, Walt tinha atingido o fundo do poço. A operação havia destruído a sua identidade, a sua família, o seu círculo social e a sua carreira. Desesperado, ele não via mais nada a fazer, senão abraçar a morte. Walt – agora, "Laura Jensen" – tentou saltar de uma cobertura, mas foi impedido por alguém que passava.
Desabrigado e sem dinheiro, aquele "transexual" terminaria vivendo nas ruas, não fosse a ajuda de um bom samaritano, que lhe deu lugar para dormir em sua garagem. Esse novo amigo encorajou Walt a participar dos Alcoólicos Anônimos. Ele aceitou o desafio e, naquele grupo motivacional, percebeu que precisava recorrer a um "poder superior", caso quisesse sair da confusão em que tinha se metido. Estava cada vez mais clara para ele a sua identidade masculina. Ele não era "Laura", mas tão somente um homem envolto numa "fantasia de mulher".
"Eu estava bem consciente de que era agora a escória da humanidade, um marginal, com uma existência descartada e distorcida por minhas próprias escolhas. O álcool, as drogas e aquela cirurgia tornaram-me um inútil para os outros. Eu tinha falhado miseravelmente como o homem que Deus me tinha criado para ser."

Saindo do vale das trevas

Através da ajuda de alguns amigos cristãos, Walt começou uma jornada rumo à cura e à descoberta de sua verdadeira identidade masculina. A primeira chave para vencer a batalha que ardia dentro dele era a sobriedade. Pouco a pouco, ele foi abandonando a bebida e se voltou à religião cristã como nova fonte de força.
Uma vez, durante um momento de oração com seu psicólogo cristão, Walt diz ter experimentado espiritualmente o Senhor, todo vestido de branco, que se aproximou dele com os braços estendidos, abraçou-o com força e disse: "Agora, você está seguro comigo, para sempre". Nesse momento, ele descobriu que só encontraria a cura e a paz que tanto desejava em Jesus Cristo.
Em entrevista a LifeSiteNews.com, Walt conta que aqueles que lutam com sua identidade sexual e acham que a cirurgia de sexo é uma solução "precisam ir a um psicólogo ou psiquiatra, começar uma terapia e cavar bem fundo para investigar o que está causando o seu desejo, porque, nesse assunto, sempre há uma raiz psicológica ou algum caso psiquiátrico não resolvido e que precisa ser explorado".
"É possível levar um ano explorando e tentando entender o que está acontecendo, até que a pessoa aceite o seu sexo e queira viver o projeto que Deus deu preparou para ela", ele diz.
Agora, como um senhor, Walt acredita que, se pudesse voltar no tempo e dar alguns conselhos para si mesmo enquanto jovem, ele diria àquele rapaz imaturo que evitasse a cirurgia de mudança de sexo e procurasse descobrir a raiz oculta em sua vontade de operar-se.
Walt acredita que a sua história testemunha o poder da esperança, ensina que nunca se deve desistir de alguém, não importa quantas vezes ele ou ela caia ou quantas curvas e reviravoltas haja no caminho da recuperação. Acima de tudo – ele diz –, nunca se deve "subestimar o poder de cura da oração e do amor que está nas mãos do Senhor".
Fonte: LifeSiteNews.com | Tradução e adaptação: Equipe CNP

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

FAMÍLIAS, ATENÇÃO AOS DESENHOS QUE SEUS FILHOS ASSISTEM. HOMOSSEXUALISMO, PROSTITUIÇÃO, PEDOFILIA, OCULTISMO, SUBLIMINARES, ETC...

PÉSSIMA NOVIDADE NO MUNDO DOS DESENHOS DA DISNEY


Doutora Brinquedos mostra família formada por duas mães


Episódio foi ao ar no último final de semana no Disney Channel dos Estados Unidos

Doutora Brinquedos - episódio The Emergency Plan (Foto: Reprodução / Facebook GLAAD)
Doutora Brinquedos - episódio The Emergency Plan (Foto: Reprodução / Facebook GLAAD)


No último final de semana, foi ao ar nos Estados Unidos o episódio The Emergency Plan ("Plano de Emergência", em tradução livre), do desenho Doutora Brinquedos, que trouxe no centro da história uma família formada por duas mães.
Na trama, a Doutora (como é identificada a personagem principal da série) mostra a importância de se ter um plano para lidar com eventos inesperados, como o que acometeu a família das bonecas, que foram separadas dos filhos devido a um terremoto causado por um dragão de brinquedo.
Mensagem
Ainda que o episódio não tenha focado no relacionamento homoafetivo, sua exibição foi motivo de comemoração para muitas entidades e defensores dos direitos LGBT. A atriz e comediante Wanda Sykes, que fez a voz de uma das mães, disse que o desenho enviou uma ótima mensagem.
“Somos duas mães... Vai ser muito emocionante para meus filhos ver nossa família representada. Com este episódio, eles veem uma família que se parece com a nossa”, disse ela, conforme publicado pelo site do Huffpost.
A presidente e CEO do GLAAD (entidade que monitora a forma como a mídia retrata a comunidade LGBT), Sarah Kate Ellis, também comemorou a iniciativa da Disney de retratar famílias criadas por casais do mesmo sexo. “Crianças como as minhas merecem a chance de ver famílias como a delas representadas na TV, e este episódio faz exatamente isso de uma forma  linda e positiva”, falou Sarah.
No Brasil
Por meio de sua assessoria, a Disney Brasil informou que ainda não sabe quando o episódio vai ao ar por aqui.
http://revistacrescer.globo.com/Curiosidades/noticia/2017/08/doutora-brinquedos-mostra-familia-formada-por-duas-maes.html

SÃO MUITOS - QUE OS PAIS FIQUEM ATENTOS!



Desenho da Disney mostra cenas de beijo gay





A lei garante a proteção contra o abuso e a exploração sexual

— registrado em: crime sexual, lei, ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), crime

AlexTodas as crianças já nascem com direitos, que estão escritos em documentos importantes: as leis. Podemos dizer que leis são regras que definem o que cada pessoa deve fazer para garantir que os direitos das crianças sejam respeitados e cumpridos.

A lei diz, por exemplo, que toda criança deve ter os mesmos direitos dos adultos, e que deve receber atenção especial da família e de toda a sociedade, pois precisa crescer e se desenvolver de forma segura, saudável e feliz.

O governo também é muito importante para isso, porque deve garantir que as leis de proteção sejam cumpridas por todos. E até mesmo você, que é criança, pode ficar de olho em como as crianças à sua volta estão sendo tratadas.

Para isso, é importante conhecer um pouco da Constituição Federal e das principais leis de proteção das crianças e dos adolescentes.

Selecionamos algumas partes de três importantes leis: a Constituição Federal, o Estatuto da Criança e do Adolescente e o Código Penal. Vale a pena ler!



Constituição Federal

Art. 227 - É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.

§ 4.º A lei punirá severamente o abuso, a violência e a exploração sexual da criança e do adolescente.



Estatuto da Criança e do Adolescente - Lei 8.069/1990, com alterações da Lei 11.829/2008


Art. 5° - Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais.

Art. 240.  Produzir, reproduzir, dirigir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente: 
Pena – reclusão, de 4 (quatro) a 8 (oito) anos, e multa. 
§ 1o  Incorre nas mesmas penas quem agencia, facilita, recruta, coage, ou de qualquer modo intermedeia a participação de criança ou adolescente nas cenas referidas no caput deste artigo, ou ainda quem com esses contracena. 
§ 2o  Aumenta-se a pena de 1/3 (um terço) se o agente comete o crime: 
I – no exercício de cargo ou função pública ou a pretexto de exercê-la; 
II – prevalecendo-se de relações domésticas, de coabitação ou de hospitalidade; ou 
III – prevalecendo-se de relações de parentesco consangüíneo ou afim até o terceiro grau, ou por adoção, de tutor, curador, preceptor, empregador da vítima ou de quem, a qualquer outro título, tenha autoridade sobre ela, ou com seu consentimento.” (NR)

Art. 241.  Vender ou expor à venda fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente:
Pena – reclusão, de 4 (quatro) a 8 (oito) anos, e multa.” (NR)

Art. 241-A.  Oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar por qualquer meio, inclusive por meio de sistema de informática ou telemático, fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente: 
Pena – reclusão, de 3 (três) a 6 (seis) anos, e multa. 
§ 1o  Nas mesmas penas incorre quem: 
I – assegura os meios ou serviços para o armazenamento das fotografias, cenas ou imagens de que trata o caput deste artigo; 
II – assegura, por qualquer meio, o acesso por rede de computadores às fotografias, cenas ou imagens de que trata o caput deste artigo.
§ 2o  As condutas tipificadas nos incisos I e II do § 1o deste artigo são puníveis quando o responsável legal pela prestação do serviço, oficialmente notificado, deixa de desabilitar o acesso ao conteúdo ilícito de que trata o caput deste artigo.

Art. 241-B.  Adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente:
Pena – reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa.
§ 1o  A pena é diminuída de 1 (um) a 2/3 (dois terços) se de pequena quantidade o material a que se refere o caput deste artigo.
§ 2o  Não há crime se a posse ou o armazenamento tem a finalidade de comunicar às autoridades competentes a ocorrência das condutas descritas nos arts. 240, 241, 241-A e 241-C desta Lei, quando a comunicação for feita por:
I – agente público no exercício de suas funções;
II – membro de entidade, legalmente constituída, que inclua, entre suas finalidades institucionais, o recebimento, o processamento e o encaminhamento de notícia dos crimes referidos neste parágrafo;
III – representante legal e funcionários responsáveis de provedor de acesso ou serviço prestado por meio de rede de computadores, até o recebimento do material relativo à notícia feita à autoridade policial, ao Ministério Público ou ao Poder Judiciário.
§ 3o  As pessoas referidas no § 2o deste artigo deverão manter sob sigilo o material ilícito referido.

Art. 241-C.  Simular a participação de criança ou adolescente em cena de sexo explícito ou pornográfica por meio de adulteração, montagem ou modificação de fotografia, vídeo ou qualquer outra forma de representação visual:
Pena – reclusão, de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa.

Parágrafo único.  Incorre nas mesmas penas quem vende, expõe à venda, disponibiliza, distribui, publica ou divulga por qualquer meio, adquire, possui ou armazena o material produzido na forma do caput deste artigo.

Art. 241-D.  Aliciar, assediar, instigar ou constranger, por qualquer meio de comunicação, criança, com o fim de com ela praticar ato libidinoso:
Pena – reclusão, de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa.
Parágrafo único.  Nas mesmas penas incorre quem:
I – facilita ou induz o acesso à criança de material contendo cena de sexo explícito ou pornográfica com o fim de com ela praticar ato libidinoso;
II – pratica as condutas descritas no caput deste artigo com o fim de induzir criança a se exibir de forma pornográfica ou sexualmente explícita.

Art. 241-E.  Para efeito dos crimes previstos nesta Lei, a expressão “cena de sexo explícito ou pornográfica” compreende qualquer situação que envolva criança ou adolescente em atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas, ou exibição dos órgãos genitais de uma criança ou adolescente para fins primordialmente sexuais. 



Código Penal

Estupro 
Art. 213:
"Constranger à conjunção carnal, mediante violência ou grave ameaça."

Por conjunção carnal entende-se a penetração do pênis na vagina, completa ou não, com ou sem ejaculação. Assim, o estupro é um crime que só pode ser praticado por um homem contra uma mulher, incluídas nesse caso meninas e adolescentes.

Pena: reclusão, de seis a dez anos.


Atentado violento ao pudor
Art. 214: 
"Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a praticar ou permitir que com ele se pratique ato libidinoso1 diverso da conjunção carnal."

Pena: reclusão, de seis a dez anos.

1Ato libinoso é o que visa ao prazer sexual.

Sedução 
Art. 217: 
"Seduzir mulher virgem, menor de dezoito anos e maior de catorze, e ter com ela conjunção carnal2, aproveitando-se de sua inexperiência ou justificável confiança."

Pena: reclusão, de dois a quatro anos.

2Conjunção carnal é a relação sexual, entre um homem e uma mulher, caracterizada pela penetração do pênis no interior da vagina.


Corrupção de menores
Art. 218: 
"Corromper ou facilitar a corrupção de pessoa maior de catorze e menor de dezoito anos, com ela praticando ato de libidinagem, ou induzindo-a a praticá-lo ou presenciá-lo."

Pena: reclusão, de um a quatro anos.


Pornografia 
Art. 234: 
"Fazer, importar, exportar, adquirir ou ter sob sua guarda, para fim de comércio ou distribuição ou de qualquer exposição pública, escrito, desenho, pintura, estampa ou qualquer objeto obsceno."

Pena: detenção, de seis meses a dois anos ou multa.



Abuso, violência e exploração sexual de crianças e adolescentes são enquadrados penalmente como corrupção de menores (art. 218) e atentado violento ao pudor (art.214 ), caracterizado por violência física ou grave ameaça.

O abuso sexual de meninas e meninos e de adolescentes inclui a corrupção de menores, o atentado violento ao pudor e o estupro (art. 213). 

Com a Lei 8.072, de 25 de julho de 1990, o estupro e o atentado violento ao pudor passaram a ser considerados crimes hediondos e tiveram as penas aumentadas.

Os autores de crimes hediondos não têm direito a fiança, indulto ou diminuição de pena por bom comportamento.

Os crimes são classificados como hediondos sempre que se revestem de excepcional gravidade, evidenciam insensibilidade ao sofrimento físico ou moral da vítima ou a condições especiais das mesmas (crianças, deficientes físicos, idosos).



TITIO AVO PEDÓFILO


Para saber mais sobre esse assunto acesse os links abaixo:

Como identificar um pedófilo?
O que é pedofilia?
Quais são os meios mais comuns de acontecer exploração sexual infanto juvenil?
Como sei se uma pessoa está dando em cima de mim no Orkut ou MSN?
Prof. Ari conversa com a Turminha sobre abuso e exploração sexual
Exploração e abuso sexual: um grande desafio
O MPF está atento à pedofilia. Você também?
Sexting: quando o sonho vira um pesadelo...
Gibi Proteger - abuso sexual em casa
Gibi Proteger - abuso sexual na vizinhança

http://www.turminha.mpf.mp.br/direitos-das-criancas/18-de-maio/copy_of_a-lei-garante-a-protecao-contra-o-abuso-e-a-exploracao-sexual


Mensagens Subliminares Clarêncio o otimista





Princesa jujuba e Marceline foram namoradas?? hora de aventura 

A origem da jujuba




L•é•s•b•i•c•a•s(Yuri) confirmado em Steven universe? Rubi e safira



Disney planeja sua primeira princesa homossexual para o ano de 2018



Tudo indica que a famosa empresa Disney irá planejar a produção do primeiro filme animado 
que será protagonizada por uma princesa lésbica em 2018. Desde seu inicio, a Disney 
posicionou-se como uma empresa conservadora, que representou o valor da família 
tradicional em seus filmes, no entanto, a grande empresa decidiu deixar isso para 
rás e começou a propor um filme de inclusão com a comunidade homossexual.

Na verdade, a Aliança Gays e Lésbicas tem protestado contra a Disney há anos, por falta 
de apoio e integração ao grupo em seus últimos 10 filmes. Eles pedem que se apresentem 
filmes com diferentes modelos de família e que esteja incluso as diferentes orientações
 de gêneros que existem no mundo.
  


A Disney deu um passo à frente com essa decisão de sair do pensamento conservador e 
incluir papéis que representam a diversidade cultural da sociedade moderna. 
Um claro exemplo é sua última série de animação Estrela vs. as forças do mal, 
foi o primeiro da Disney em incluir um beijo entre duas pessoas do mesmo sexo.



Depois de toda essa controvérsia na Internet, especula-se que será a princesa Elsa que
 se apaixonará por uma garota. Mas também pode ser que seja uma nova princesa nunca
 vista antes. Vamos ter que esperar até o final de 2018 para saber mais detalhes ou
alguma declaração oficial de Thomas O. Staggs, diretor de operações da empresa.

Fonte: Elciudadano/debate



quinta-feira, 20 de julho de 2017

IGREJA PERSEGUIDA Evangelistas são espancados por grupo LGBT

Uma agressão a evangelistas foi registrada em frente à Prefeitura de Calgary, no Canadá. No dia 17, os cristãos manifestavam seu apoio ao ativista pró-vida e pró-casamento Bill Whatcott, que enfrenta um processo judicial de US$ 104 milhões por pregar o Evangelho durante um evento de “orgulho gay”.
O grupo LGBT ANTIFA [sigla para Ação Antifascista] se aproximou dos membros do ministério cristão “Igreja na Rua”, que tinha cartazes com palavras de ordem e usavam camisetas com o lema “Jesus fará o Canadá grande de novo”.
A rede de TV CBC News divulgou que um grupo de LGBTs começaram a gritar ameaças contra os cristãos. Quando alguns cristãos responderam “Jesus te ama e quer salvar a sua alma”, um dos ativistas começou a desferir socos e pontapés, sendo seguidos por outros.
Inicialmente os cristãos apenas se defenderam, mas quando o número de agressores LGBT aumentou, a coisa saiu de controle.



COMMENTS ________________PUBLICIDADE______________

Uma agressão a evangelistas foi registrada em frente à Prefeitura de Calgary, no Canadá. No dia 17, os cristãos manifestavam seu apoio ao ativista pró-vida e pró-casamento Bill Whatcott, que enfrenta um processo judicial de US$ 104 milhões por pregar o Evangelho durante um evento de “orgulho gay”.

O grupo LGBT ANTIFA [sigla para Ação Antifascista] se aproximou dos membros do ministério cristão “Igreja na Rua”, que tinha cartazes com palavras de ordem e usavam camisetas com o lema “Jesus fará o Canadá grande de novo”.

A rede de TV CBC News divulgou que um grupo de LGBTs começaram a gritar ameaças contra os cristãos. Quando alguns cristãos responderam “Jesus te ama e quer salvar a sua alma”, um dos ativistas começou a desferir socos e pontapés, sendo seguidos por outros.

Evangelistas são espancados por grupo LGBT
______________PUBLICIDADE______________
Várias pessoas acabaram feridas, mas nenhuma precisou ser hospitalizada.
O detetive Keith Silvester, da polícia local, disse que os investigadores irão examinar os vídeos entregues às autoridades, para ver se há motivo para pedir a prisão de alguém.
Ele esclareceu que o grupo da “Igreja na rua” tinha permissão para realizar seu evento no local e que a polícia não esperava que os manifestantes LGBT aparecessem.
A Igreja na rua explica em seu site que é um ministério interdenominacional e que sua visão é “dar a todos a oportunidade de responder ao chamado para conhecer Jesus Cristo como Salvador”.
Eles realizam com frequências ações nas ruas da cidade, oferecendo alimentos aos sem-teto e pregam o evangelho no entorno da prefeitura quatro vezes por semana.
Ao mesmo tempo, os membros do ANTIFA possuem um histórico de agressões a manifestações de conservadores tanto no Canadá quanto nos Estados Unidos.
Com informações Christian Post
Fonte: http://www.jovenscristaos.org/evangelistas-sao-espancados-por-grupo-lgbt/

terça-feira, 18 de julho de 2017

Eu espero por alguém que conte a Deus o quanto é grato por me amar


Eu não quero alguém ao meu lado para me bajular, ignorar os meus erros e nunca me confrontar. Tenho aprendido a cada dia que se passa que o amor não é aceitar tudo, mas reconhecer as minhas falhas e fazer o possível para me tornar o melhor que posso ser para quem amo. Não espero por alguém perfeito, mas que se comprometa a me amar, mesmo nos dias mais difíceis.
Não me desespero por estar no tempo da espera, mas me esforço para ter a paciência de esperar e orar sem questionar, para aprender o que Deus tem a me ensinar. O meu coração está sob os cuidados de Dele e não poderia estar em outro lugar melhor e mais seguro. Para que apressar o relógio, se existe o tempo certo para cada coisa? Para que me encher de dúvidas, se entreguei tudo a Ele?
Não espero por alguém para preencher os meus vazios, espero por alguém para somar. Alguém que esteja disposto a fazer planos, que veja o meu pior e, ainda assim, decida me amar. Alguém que não me deixe quando tudo estiver difícil, que não recue, mas escolha sempre permanecer ao meu lado. Espero por alguém que, ao invés de julgar os meus medos, me mostre que preciso enfrentá-los, que preciso ser mais corajosa. Alguém que ore por mim, porque a oração é uma forma das formas mais lindas de amor e cuidado.
Espero por alguém que eu possa amar e confiar. Alguém que una os seus sonhos aos meus e que sejamos um só, que segure a minha mão e descarte a hipótese de soltá-la. Espero por alguém que me veja não como mais uma mulher em sua vida, mas como quem pedia a Deus em suas orações, porque é isso o que quero ser, a resposta das orações de alguém. Quero amar e ser amada. Respeitar e ser respeitada. Até a eternidade.
Fonte: http://www.almacomflores.com/2017/07/eu-espero-por-alguem-que-conte-deus-o-quanto-e-grato-por-me-amar.html

quarta-feira, 8 de março de 2017

FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER - PARABÉNS AOS HOMENS DE VERDADE, QUE SÓ TÊM OLHOS PARA SUA AMADA COMPANHEIRA!

🍃🌺🍃  P>Parabéns a todos os Homens que sabem valorizar as Mulheres. Que priorizam suas companheiras, pois na Palavra diz que NENHUM HOMEM AMARÁ DUAS MULHERES, POIS FARÁ FELIZ UMA E MAGOARÁ A OUTRA. Portanto, valorizar, ser amigo, atencioso, respeitador com todas é sinal de boa Educação e Caráter. Agora, AMAR...SÓ A SUA COMPANHEIRA! Sem olhos e ouvidos para as demais que lhes cobiça, pois se fazem com seus companheiros poderão fazer com qualquer outro. A vocês HOMENS DE VERDADE, obrigada pelo carinho e Parabéns para suas AMADAS!

Acredito que quando o Erasmo Carlos escreveu esta música estava inspirado por Deus. Retrata a Mulher Sábia que Edifica seu lar e a valorosa que excede ao valor de rubis.

PARABÉNS MULHERES LINDAS DAS REDES SOCIAIS E DE MINHA VIDA! 


   .•*""*•.¸ Bom dia. PAZ!
"(✿◠‿◠)*•.¸¸.•*`*•.¸¸ Professora Marcia Valeria Cristovam




https://www.youtube.com/watch?v=u2_6q5wY-UM

Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis. Provérbios 31:10
A mulher sábia edifica a sua casa, mas com as próprias mãos a insensata destrói o seu lar. Provérbios 14:1

MULHER (SEXO FRÁGIL)
Dizem que a mulher é o sexo frágil
Mas que mentira absurda
Eu que faço parte da rotina de uma delas
Sei que a força está com elas

Vejam como é forte a que eu conheço
Sua sapiência não tem preço
Satisfaz meu ego se fingindo submissa
Mas no fundo me enfeitiça

Quando eu chego em casa à noitinha
Quero uma mulher só minha
Mas pra quem deu luz não tem mais jeito
Porque um filho quer seu peito
O outro já reclama a sua mão
E o outro quer o amor que ela tiver
Quatro homens dependentes e carentes
Da força da mulher

Mulher, mulher
Do barro de que você foi gerada
Me veio inspiração
Pra decantar você nessa canção

Mulher, mulher
Na escola em que você foi ensinada
Jamais tirei um dez
Sou forte mas não chego aos seus pés
(fonte: site oficial)

terça-feira, 7 de março de 2017

CONVERSANDO E DESCOBRINDO: A CRIANÇA E A SEXUALIDADE

ABAIXO: A verdade sobre a política no Embu das Artes/SP

Será que essa situação mudou ou mudará em Embu das Artes? 
Que as Famílias fiquem atentas ao material distribuído nas Escolas, E DENUNCIE!
 Todo material pode ser baixado em pdf, 
Material nada adequado para crianças e jovens/2006.
Quem puder, deixe notícia nos comentários sobre a Educação em Embu. Obrigada.
Pedagoga/Professora Marcia Valeria.

CONVERSANDO E
DESCOBRINDO:
a criança e a sexualidade

PREFEITURA DA

ESTÂNCIA TURÍSTICA DE

VOCÊ PARTICIPA E A CIDADE MELH...
Indice

1. A criança, o seu corpo e as diferenças :
a) Os meninos .......... pág. 2
b) As meninas .......... pág. 3
2. Com...
Apresentação
Discutir sexualidade sempre foi considerado pelos pais um “bicho de sete cabeças”,
principalmente quando os p...

1. A criança, seu corpo e as diferenças.
Todos os mamíferos têm um aparelho genital ou sexual, como por exemplo, os passar...

As Meninas:
Assim como as fêmeas, as meninas também têm seus órgãos genitais e eles são bem diferentes
dos meninos. Alguns...
2. Como tudo começa
Chega um momento em que o amor entre o papai e a mamãe fica muito grande e intenso.
Eles procuram um l...

3. De onde eu vim
As “sementinhas” dos homens e das mulheres são diferentes, com formas e nomes
diferentes. As dos homens ...

Fecundação
4. A Fecundação
Dentro do esperma nadam milhões de espermatozóides. Com sua saída, chamada de
ejaculação,
ejacu...

5. A Gravidez
No início, logo após a fecundação, somos um minúsculo grão chamado embrião um ovinho
embrião,
humano menor q...
8
PARA COLORIR
MEU NOME:_____________________________________________
e foi assim que eu nasci...

Encarte 1
ONDE ESTÃO AS
PALAVRAS?
ALAVRAS?
1- Útero
Testículo
2- Testículo
3- AIDS
4- Prepúcio
5- Genes
6- Pênis
7- Vulva
8- DST
9- ...
JOGO DAS 7 DIFERENÇAS

UNA OS PONTOS DE 1 a 111
e descubra os órgãos genitais internos da mulher
útero

trompa

ovário

va...
FAMÍLIA
DESENHE AQUI A SUA FAMÍLIA

CRUZADINHAS

Encarte 4

Respostas
DST,
ESPERMAT
1- DST, 2- ESPERMAT OZÓIDES, 3-ÓVULO, ...
6. A criança
descobrindo o
seu corpo
Desde pequenininhas é
comum que as crianças brinquem
e tenham curiosidades sobre
seus...
Aos pais:
Todos os bebês procuram o bem estar total,
e quando suas necessidades estão satisfeitas, se
entregam à alegria d...
7. A Puberdade
Desde o nascimento as pessoas evoluem. Durante a puberdade essa evolução é
puberdade,
muito mais ativa, é o...
A Puberdade das meninas
Na puberdade das meninas,
as mamas começam a crescer e os
quadris ficam mais largos.
Aparecem espi...
8. A Descoberta da sexualidade: O Desejo Sexual
Todos os mamíferos têm um instinto natural dentro deles, que chamamos de i...
O pênis deve estar em ereção (“duro”) para penetrar na vagina. Em geral, a ternura e o
carinho fazem com que tudo corra be...
10. Comentários finais
“Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência,

discriminação, explo...
CONVERSANDO E DESCOBRINDO
Elaboração: Programa de Informação, Educação e Comunicação em Saúde / Programa DST/AIDS
Programa...
MINISTÉRIO DA SAÚDE

APOIO
UNIFESP

Diretoria de Ensino Taboão da Serra

PATROCÍNIO

logo gráfica

Publicação contemplada ...

https://jucienebertoldo.files.wordpress.com/2013/06/crianc3a7a-e-a-sexualidade.pdf



08/07/2011 18h56 - Atualizado em 08/07/2011 20h44

Prefeitura de Embu investiga entrega de cartilha sobre educação sexual

Material, destinado a adultos, foi encaminhado por engano a crianças.
Publicação deveria ser distribuída por educadores que foram treinados. 


A Prefeitura de Embu das Artes abriu uma sindicância para apurar a responsabilidade da entrega de uma cartilha sobre educação sexual para cerca de 20 alunos, de 9 a 10 anos, do 4º ano da Escola Municipal Elza Marreiro.
A revista, chamada ““Conversando e Descobrindo: a Criança e a Sexualidade”, é direcionada a adultos e foi entregue erroneamente a alguns alunos durante uma reunião na escola para que encaminhassem aos seus pais, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura.
Em nota, a prefeitura afirmou que o material foi lançado em 2005 e educadores e outros profissionais da área foram preparados para fazer a distribuição da publicação aos pais dos estudantes das redes municipal e estadual. Os pais, por sua vez, tinham a opção de entregar um encarte com passatempos e recreações pedagógicas a seus filhos depois que recebessem as informações.
A Prefeitura de Embu ainda esclareceu que a publicação é resultado de parceria entre Ministério da Saúde, Diretoria de Ensino Taboão da Serra e secretarias municipais de Saúde e Educação, com apoio da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Fonte: http://g1.globo.com/educacao/noticia/2011/07/prefeitura-de-embu-investiga-entrega-de-cartilha-sobre-educacao-sexual.html

ATUAL PREFEITO 

CLAUDINEI ALVES DOS SANTOS
(NEY SANTOS
| PREFEITO | PRB | NÚMERO 10 | Embu das Artes, Esperança Renovada (PMDB / PTN / PSC / PR / DEM / PMB / PTC / PSB / PV / PRP / PSDB / PT do B / PRB / PP)
| OCUPAÇÃO: VEREADOR | INSTRUÇÃO: ENSINO MÉDIO COMPLETO | NATURAL DE SAO PAULO | IDADE: 36 | BENS: R$ 2.065.186,85 | PROJETOS | DOADORES | FICHA 
REQUERIMENTO: DEFERIDO | RESULTADO:ELEITO
Zona EleitoralQtde. de votos
34134.293
39130.535
Total64.828

Prefeito Hugo Prado dá entrevista 


coletiva e anuncia secretários


http://www.embudasartes.sp.gov.br/noticia/ver/9583







Candidatos a Vereador de Embu das Artes

Vagas para Vereador: 15
Rosangela Santos 13400
ELEITO
2.63%
3,356 VOTOS
Luiz do Depósito 15650
ELEITO
2.10%
2,680 VOTOS
Bobilel Castilho 20456
ELEITO
2.06%
2,624 VOTOS
Gilson Oliveira 15000
ELEITO
1.77%
2,251 VOTOS
Danilo Alves Daniboy 25800
ELEITO
1.74%
2,215 VOTOS
Gerson Olegario 36789
ELEITO
1.68%
2,144 VOTOS
Dra. Bete 14110
ELEITO
1.54%
1,966 VOTOS
Hugo Prado 40123
ELEITO
1.54%
1,965 VOTOS
Andre Maestri 14610
ELEITO
1.49%
1,896 VOTOS
10°
Ricardo Almeida 10123
ELEITO
1.46%
1,860 VOTOS
11°
Carlinhos do Embu 20000
ELEITO
1.46%
1,856 VOTOS
12°
Edvanio Mendes 13113
ELEITO
1.42%
1,808 VOTOS
13°
Joãozinho da Farmácia 22345
ELEITO
1.28%
1,637 VOTOS
14°
Doda Pinheiro 13200
ELEITO
1.22%
1,552 VOTOS
15°
Jefferson do Caminhão 45123
ELEITO
1.19%
1,517 VOTOS
16°
Julio Campanha 10610
ELEITO
1.14%
1,450 VOTOS
17°
Indio Silva 10200
ELEITO
1.12%

BOTÕES FLUTUANTES